0

Como escolher entre duas ofertas de emprego?

Meu Redirect

amp

A missão do centro de empregos é acompanhar cada candidato a emprego na sua procura de emprego até à colocação e auxiliar as empresas no seu recrutamento. esta proibição não diz respeito a ofertas que estabeleçam condições de idade impostas pelas disposições legais. Além disso, as diferenças de tratamento com base na idade não constituem discriminação quando são objetiva e razoavelmente justificadas por um propósito legítimo, em particular pelo desejo de preservar a saúde ou a segurança dos trabalhadores, para promover sua integração ocupacional, para garantir seu emprego, reclassificação ou indemnização em caso de perda do emprego e quando os meios para atingir o objetivo são necessários e adequados. Essas diferenças podem incluir: quais são os candidatos ‘ s direitos durante um julgamento profissional? O teste profissional é um teste cujo objetivo é verificar a qualificação e as aptidões do candidato. difere do período experimental porque ocorre antes da contratação e durante um período muito curto. Se o Código do Trabalho não regulamentar o ensaio profissional, alguns acordos coletivos prevêem disposições, nomeadamente no que diz respeito à remuneração aplicável a esta modalidade de concurso. assédio sexual: como agir? como funcionários, os candidatos a emprego se beneficiam de proteção contra assédio sexual a que podem ser submetidos durante o recrutamento. certos acordos coletivos preveem disposições, nomeadamente no que diz respeito à remuneração aplicável a esta forma de teste de contratação. assédio sexual: como agir? como funcionários, os candidatos a emprego se beneficiam de proteção contra assédio sexual a que podem ser submetidos durante o recrutamento. certos acordos coletivos preveem disposições, nomeadamente no que diz respeito à remuneração aplicável a esta forma de teste de contratação. assédio sexual: como agir? como funcionários, os candidatos a emprego se beneficiam de proteção contra assédio sexual a que podem ser submetidos durante o recrutamento.

Tentar ou cobrar pela empresa?

Ter mais de 55 anos é considerado uma desvantagem ao ser contratado por 82% dos funcionários do setor público, 81% dos funcionários do setor privado e 89% dos candidatos a emprego. No mercado de trabalho, a idade é um vetor de muitos preconceitos por parte dos empregadores, mas também dos próprios trabalhadores. Questionados por ocasião do barómetro de 2014 da firma “Equal Skills”, empresas, gabinetes de recrutamento e candidatos seniores citam vários travões percebidos na contratação de seniores: “custo”, “difícil de gerir”, “resistência à mudança”, “sobredimensionado” em relação ao cargo, ou “permanecer a trabalhar na empresa”. Algumas dessas afirmações são, no entanto, desmentidas pelas respostas de idosos entrevistados pelo mesmo barômetro. Por exemplo, 75% dos idosos dizem que estão dispostos a rever seus salários para baixo, enquanto eles estão mais de 90% dispostos a relatar para mudar seus empregos. Além disso, os pontos fortes dos idosos citados por empresas, firmas e candidatos compensam alguns dos freios mencionados. Idosos são percebidos como mais experientes, autossuficientes, expertise, capacidade de declínio e análise de risco.A questão do “tempo restante para trabalhar no negócio” também pode ser resolvida em caso de violação. Um funcionário de 50 anos tem mais de dez anos de vida profissional pela frente. Além disso, em um ambiente de mercado de trabalho difícil, os funcionários seniores tendem a demonstrar mais lealdade aos seus negócios e a responder à questão da rotatividade que afeta certas funções. As empresas e os parceiros sociais estão empenhados na manutenção do emprego dos seniores A questão da manutenção do emprego dos seniores e da transmissão de competências está no centro dos acordos e planos de ação que as empresas têm a obrigação de negociar com os seus parceiros sociais: Gestão das previsões de empregos e competências para empresas com pelo menos 300 empregados, acordos ou planos de ações de prevenção da incapacidade, para empresas com pelo menos 50 empregados, dos quais pelo menos 50% da força de trabalho está exposta a fatores de incapacidade.

você acabou de tomar a decisão de recusar uma oferta de emprego? Agora vem a delicada etapa de anunciá-lo ao recrutador. como recusar uma oferta de emprego sem trabalhar? Aqui estão 6 etapas a serem seguidas para que sua recusa seja recebida pelo recrutador.

  • Evite a todo custo a lei do silêncio: como candidato, você sabe como é desagradável não ter um novo acompanhamento para uma entrevista. Pelo respeito pela pessoa que o recebeu e porque é importante manter uma atitude profissional em todas as circunstâncias, pondere como apresentar a sua recusa.
  • Escolha o momento certo para recusar a oferta: ao responder do tac para um e-mail, você claramente se posiciona como um candidato que não dedicou tempo para estudar a proposta. A escolha do momento certo também pode ser estratégica para você: você não teria que esperar as respostas de outras empresas antes de recusar um emprego?
  • Por telefone ou e-mail, defina como irá recusar a oferta: para você escolher a forma mais adequada de fazer. Uma carta educada e clara será suficiente se for uma oferta recebida por correio. Por outro lado, se decidir recusar uma oferta após duas entrevistas de emprego, deve ligar para o responsável pelo recrutamento.
  • Explique a sua decisão e argumente, se possível, a sua escolha de recusar a oferta de emprego: expresse claramente a sua recusa e explique porquê. Esses elementos de informação também podem ser reproduzidos por escrito, se você optar pelo e-mail de negação mais formal.
  • Agradeça ao recrutador o tempo que ele despendeu com você: pense em agradecer ao seu interlocutor pela proposta de trabalho e por todas as entrevistas que vocês puderam realizar juntos.
  • Mantenha contato nas redes sociais profissionais: quando o sentimento foi bem durante as entrevistas, pode ser profissionalmente interessante manter contato se você gosta da empresa.

Identifique a adequação de uma negociação

As empresas geralmente definem um perfil de posição que geralmente inclui missões, habilidades, experiência, diplomas e traços de personalidade, mas não integra o conceito de prazer em sua descrição. A adição de impetências no perfil permite, por exemplo, o recrutamento para formar uma opinião sobre o nível de prazer que um candidato terá no desempenho das missões. as diferenças na seleção de processos para um mesmo negócio foram convidadas a selecionar processos para um serviço comercial conforme a figura acima. se as atividades e habilidades forem idênticas, essas duas empresas escolheram naipes diferentes.a primeira, ao selecionar aperitivos como prestimosidade, pedagogia e empatia, aponta claramente que espera um consultor-comercial enquanto a segunda, que manteve o desafio, persuasão e competição, mostra sua disposição em selecionar um vendedor-comercial, que é muito diferente . Declaração individual do grau de prazer proporcionado pelas apetências de emprego após a selecção das apetências de um posto de trabalho, é possível solicitar aos colaboradores que declarem o grau de prazer sentido por cada uma das impetências de forma a tomar consciência disso e identificar possíveis ações para compensar as fontes de descontentamento. Os apetites fornecem uma visão sobre a cultura corporativa e como ela deseja conduzir missões, o que pode ser valioso ao selecionar candidatos com habilidades idênticas.

Alguns processos de recrutamento podem durar várias semanas ou até vários meses. Entre as etapas mais demoradas do processo, podemos citar o sourcing e a “decifração” dos currículos. Com efeito, a procura de determinadas tecnologias, algumas empresas, alguns idiomas ou escolas, ou mesmo a consistência das datas indicadas pelo candidato pode demorar dias inteiros sem as ferramentas adequadas. Não se limite à função de pesquisa “CTRL F” do Word para pesquisar palavras-chave! Seu ATS, uma verdadeira faca de recrutamento, é capaz de fazer uma seleção precisa e qualitativa de todos os currículos contidos em sua base. Abaixo, descubra como ele pode funcionar em seu lugar e economizar seu dinheiro e energia na mesma ocasião:

  • seu ats centraliza todos os aplicativos em seu lugar. Hoje, os aplicativos vêm de dezenas de canais diferentes. para citar apenas algumas, inscrições espontâneas no site de carreiras, respostas a anúncios em sites de empregos, cooptação, inscrições de redes sociais profissionais ou recuperadas no contexto de fóruns de negócios ou eventos escolares … entre todas essas fontes, é difícil classificar, identificar sua origem e principalmente lembrar!
  • Configurando seu ATS, indicando os critérios de seleção precisos para os perfis que você deseja. O sistema elaborará uma lista diária dos perfis mais relevantes para as necessidades cadastradas. Seu software é capaz de gerenciar milhares de currículos com muita precisão, então você pode confiar nele com a primeira seleção de perfis que ele pode produzir. Economize tempo e seja mais eficiente! No âmbito da pesquisa booleana em jobboards, você terá a oportunidade de definir critérios de classificação muito precisos, entre eles, as empresas pelas quais o candidato foi aprovado, os graus obtidos ou as habilidades técnicas, funcionais ou linguísticas do candidato.
  • otimizar cada minuto gasto no recrutamento. por meio da ferramenta ats, você pode entrar em contato com os candidatos selecionados muito rapidamente e conhecê-los na sequência. Com um clique, você também pode passar uma descrição de cargo mais detalhada para os candidatos selecionados. A ideia é delegar a parte de sourcing e “compra” do aplicativo à ferramenta e levar o link de validação da entrevista por telefone e depois física dos vários perfis.
  • Sua ferramenta de gerenciamento de aplicativos é sua memória. Para melhorar sempre o gerenciamento de aplicativos, observe comentários, feedback positivo ou negativo, feedback de referências em potencial ou quaisquer outros elementos que completem um arquivo de aplicativo em seu sistema. Por quê? A fim de acompanhar os elementos trocados na candidatura, por exemplo, para não apresentar novamente ao candidato uma posição regular em inglês exigida se o candidato tiver reprovado no passado em vários testes de recrutamento devido ao seu nível ou tiver demonstrado claramente o desejo de não evoluir em um contexto internacional. Finalmente, se você for obrigado a recrutar um tipo de perfil recorrente, a probabilidade de encontrar os mesmos perfis regularmente aumenta com a sua pesquisa nos diferentes painéis de emprego. Além disso, ao registrar a versão mais atualizada do CV de um candidato,

Como criar uma marca empregadora atraente?

Em primeiro lugar, a base para uma boa reputação de uma empresa é ter funcionários felizes. Isso passa pelas condições de trabalho, remuneração e benefícios, ambiente de trabalho, estilo de gestão, etc. Seus funcionários são os primeiros porta-vozes da sua empresa, estejam ou não satisfeitos com o trabalho, isso será conhecido. Hoje, com a hegemonia das redes sociais, qualquer experiência negativa pode se espalhar em poucos segundos e pode facilmente afetar a reputação de uma empresa. Portanto, é fundamental manter funcionários satisfeitos. Em segundo lugar, a empresa deve ser capaz de oferecer uma vitrine de sua empresa aos vários candidatos. Para desenvolver a sua imagem de marca, deve, portanto, criar conteúdos para os candidatos informar, dar-lhes confiança, atraí-los e permitir que se projetem na empresa. Isso pode ser feito compartilhando fotos do dia a dia da empresa, depoimentos de funcionários, um vídeo dos escritórios, informações importantes sobre os funcionários da empresa e outros. A transparência é essencial para atrair candidatos. Para uma combinação perfeita entre empresa e candidato, este deve ser capaz de identificar a cultura da empresa por meio dessas informações, para saber se a empresa corresponde ou não a ela. Para desenvolver sua marca, existem diversos canais. Por exemplo, você pode criar um site “traseiro” para o seu negócio. Suas redes sociais profissionais também são uma forma interessante de publicar regularmente sobre sua vida empresarial. Por fim, você também pode estar presente em plataformas de recrutamento mais inovadoras como a Welcome to the jungle, que oferece conteúdo multimídia detalhado e moderno sobre empresas. Para medir a atratividade de sua marca empregadora, também é essencial monitorar os sites de classificação da empresa, como o Glassdoor, para poder responder a quaisquer comentários de funcionários ou ex-funcionários e implementar melhorias dentro da empresa após feedback negativo. O trabalho na marca do empregador não deve ser feito a tempo quando há necessidade de recrutamento, mas é um trabalho constante a longo prazo para que possa dar frutos.

Como escolher entre dois candidatos?

Como você deve decidir, escolher o certo enquanto os dois candidatos possuem diplomas reconhecidos, uma experiência de qualidade e uma boa experiência? Aqui estão 4 dicas a seguir: 1) tente ir ainda mais fundo, você pode optar por uma nova entrevista de recrutamento. Isso permitirá que você cave mais. Vá para tópicos que você não explorou durante seu primeiro encontro e tente seguir caminhos diferentes e aprender mais sobre sua personalidade, seu estilo de trabalho, por exemplo. prepare este novo encontro com questões mais abertas, como pedir aos dois candidatos que desapontem uma situação delicada ou difícil que puderam encontrar na sua carreira e como o fizeram para a gerir. O objetivo é saber se eles conseguiram aprender com seus erros. 2) aprender mais sobre as habilidades humanas de cada pessoa durante esta nova entrevista, tente focar em outros aspectos e ter mais informações sobre as qualidades relacionais dos candidatos. identifique qual candidato se sentirá mais confortável na tomada de decisões, espírito de equipe e habilidades de comunicação. Aqui está um exemplo de pergunta que você pode fazer: “Diga-me um exemplo de sucesso na apresentação de um novo projeto para sua gerência? 3) qual dos 2 está mais entusiasmado? Um dos fatores críticos para o recrutador é o entusiasmo pelo cargo em questão. “Diga-me um exemplo de sucesso na apresentação de um novo projeto para sua gestão? 3) qual dos 2 está mais entusiasmado? Um dos fatores críticos para o recrutador é o entusiasmo pelo cargo em questão. “Diga-me um exemplo de sucesso na apresentação de um novo projeto para sua gestão? 3) qual dos 2 está mais entusiasmado? Um dos fatores críticos para o recrutador é o entusiasmo pelo cargo em questão.Tente descobrir qual dos dois candidatos será o mais motivado. Se ambos os candidatos têm sede de conhecimento e demonstram uma atitude positiva e voluntária, você pode iniciá-los fazendo perguntas como: “Como você mantém suas habilidades e as aprimora? “Este tipo de aplicativo permitirá que você avalie as ambições de carreira do candidato, bem como seu envolvimento no aprendizado ao longo de sua carreira e, principalmente, sua transição para o seu negócio. 4) apresentar o candidato à sua futura equipe que confrontará o candidato à sua futura equipe de trabalho pode ser útil e permitir-lhe-á ter mais informações sobre ele. Observe como interage com os outros, se fica à vontade ou reservado. Se tiver outra pessoa para intervir, é importante pedir a sua opinião antes dar a sua opinião para não orientar o seu julgamento. Tags:

A missão dos recrutadores hoje é seduzir novos talentos, destacando o ser humano e o bem-estar nos negócios. Os jovens candidatos procuram integrar empresas que colocam os impactos positivos da sua abordagem no centro das suas decisões. Na verdade, de acordo com um estudo recente da empresa Gartner com 2.800 jovens candidatos, 65% encerraram o processo de candidatura depois de descobrir alguns aspectos do cargo ou da empresa que os desagradavam.

  1. gestão
  2. redes sociais
  3. digital digital
  4. Juventude
  5. Recursos Humanos
  6. artificial intelligence
  7. carreiras
  8. recrutamento
  9. geração z
  10. vida profissional

A personalidade do candidato

A compatibilidade entre o candidato e seu gerente é uma questão importante. Um erro de recrutamento pode ocorrer quando o candidato contratado e seu gerente discordam. Na verdade, sem um bom acordo entre eles, a integração do novo funcionário não pode ser feita de forma adequada. Este é um elemento essencial quando seus dois últimos candidatos têm habilidades iguais. Para ter certeza de que o candidato e seu gerente concordam, parece consistente que o gerente encontre o candidato por meio de uma entrevista. No entanto, você também pode passar em um teste de personalidade, se quiser saber mais sobre seus candidatos em relação ao know-how e habilidades sociais dos candidatos. Você também pode chamar os últimos candidatos para uma entrevista adicional se não tiver as informações e se achar necessário. Ao preparar questões amplas sobre suas experiências profissionais anteriores, por exemplo, você pode aprender mais sobre a capacidade de adaptação dos funcionários,

Integrado em sua organização como ferramenta de direcionamento de RH, o scorecard estrutura e organiza seus recrutamentos de forma eficaz. Mas, além do método testado e comprovado, ele tem muitas outras vantagens:

Aqui está uma tabela para resumir:

Coisas para saber Outras coisas para saber
Recrutamento alvo: todos os candidatos são tratados em pé de igualdade, mesmo que envolvam pessoas diferentes do lado do empregador. O seu processo de recrutamento é objetivo e a igualdade de tratamento é garantida Feedback fundamentado: em caso de recusa, o scorecard serve para explicar aos candidatos os pontos a serem melhorados, ou os assuntos sobre os quais não convenceu
Vieses desaparecidos: processo humano, o recrutamento não está livre de vieses cognitivos que podem alterar o raciocínio do recrutador. Com o scorecard, as coisas estão normais e a volatilidade dos julgamentos é limitada Entrevistas anuais documentadas: O Scorecard é uma ferramenta que também pode servir como uma entrevista de avaliação anual para analisar o desempenho do funcionário. Você pode revisar os objetivos, habilidades, observar qualquer progresso ou pontos para melhorar desde o recrutamento

5 – Direito de solicitar orientação durante o período de teste profissional

O teste ou teste profissional é um teste pré-contratação que visa avaliar a qualificação profissional e a capacidade do candidato para ocupar o cargo proposto. É diferente do período experimental que ocorre em um quadro contratual ou convencional, é limitado no tempo e está no início do contrato de trabalho. Distingue-se também do período de estágio, que é um período experimental entre dois contratos de trabalho sucessivos entre as mesmas partes ou na presença de um ator no primeiro contrato, cujo efeito é a substituição do trabalhador nas suas funções anteriores. Geralmente é uma situação prática que pode assumir a forma de redação de um artigo, a solução de um problema específico; identificação das dificuldades encontradas por uma empresa no domínio das competências, a condução de um autocarro ou o serviço na restauração … Esse método de recrutamento pode ser decisivo para o recrutador e estimulante para o candidato contratante, pois os critérios de seleção são mais equitativos e transparentes. O Código do Trabalho não regula a prova profissional, no entanto, certos acordos coletivos preveem disposições que regulam a prova, incluindo a duração da prova, as atribuições que podem ser confiadas ao candidato e a eventual contrapartida financeira, mas caso não seja um benefício de trabalho, uma vez que o candidato ainda não está empregado. Para que este período de teste não seja requalificado em contrato de trabalho, o empregador deve cumprir escrupulosamente dois critérios: o período de teste profissional deve ser de curta duração, mesmo que esta condição não seja determinante por si só. no entanto, certos acordos coletivos preveem disposições que regulam a prova, incluindo a duração da prova, as atribuições que podem ser confiadas ao candidato e a possível contrapartida financeira, mas se este não for um benefício de trabalho, uma vez que o candidato ainda não está empregado . Para que este período de teste não seja requalificado em contrato de trabalho, o empregador deve cumprir escrupulosamente dois critérios: o período de teste profissional deve ser de curta duração, mesmo que esta condição não seja determinante por si só. no entanto, certos acordos coletivos preveem disposições que regulam a prova, incluindo a duração da prova, as atribuições que podem ser confiadas ao candidato e a possível contrapartida financeira, mas se este não for um benefício de trabalho, uma vez que o candidato ainda não está empregado . Para que este período de teste não seja requalificado em contrato de trabalho, o empregador deve cumprir escrupulosamente dois critérios: o período de teste profissional deve ser de curta duração, mesmo que esta condição não seja determinante por si só.Em conclusão, o candidato a emprego deve convencer ou até seduzir em um processo de recrutamento . No entanto, esse objetivo não deve levar ao consentimento do recrutador para todos os requisitos de forma absoluta. Primeiro, porque essa flexibilidade não é garantia de contratação, pode até ser contraproducente, depois porque quando o empregador obtém mais informações do que deveria, fica difícil fazê-los esquecer. Portanto, de troca e interação, mas sem submissão incondicional.

Você pode pensar que o jogo acabou depois da entrevista, de você é apenas a metade. Continuar a observar o candidato após a entrevista permite aprender muito sobre ele.

    1. respeitoso. não é apenas “uma cara a mais”, é antes de tudo alguém que tem consideração suficiente pelo seu negócio e pelo trabalho que você está propondo para tentar a sorte.
    2. convidativo. dê ao candidato a oportunidade de avançar e mostrar quem ele realmente é. do seu lado, ele se sentirá valorizado. e do seu lado, você pode ver além de suas habilidades puramente profissionais.
    3. Brincalhão, quando você fala sobre o seu negócio. Ao ser honesto, é importante fornecer uma imagem amigável da atmosfera de trabalho em sua empresa. Pois, mais do que um salário ou uma missão, os candidatos procuram sobretudo um ambiente agradável no dia a dia.
      1. peça ao candidato para lembrá-lo antes de deixar o cargo, peça a ele para ligar de volta na segunda-feira, mais cedo. Segundo o autor, cerca de 15% dos candidatos não se lembram!
      2. Confiar um projeto ao candidato Envie um projeto que você está estudando e peça sua avaliação. Também enviei um e-mail com uma pergunta técnica surpresa aos candidatos, pedindo-lhes que encontrassem uma solução rápida e eficaz. Apenas uma pessoa entendeu a solicitação e me ofereceu uma solução satisfatória. Esse é o que contratei, porque foi um ponto positivo que veio se somar a todos os outros.
      3. Para cargos de gerência, viajar com o candidato Uma viagem permite que você aprenda muito sobre uma pessoa. Até mesmo um simples passeio de carro, especialmente se ele dirige.
      4. conhecer o cônjuge para cargos de alta gerência, conhecer o cônjuge permite uma ideia mais precisa da personalidade do candidato e se o cônjuge será um trunfo ou um freio para ele em seu trabalho.
      5. Exponha claramente os problemas em potencial Forneça uma entrevista final para abordar os problemas em potencial. Em vez de saber se surgirão problemas, trata-se principalmente de quais podem ser esses problemas.
      6. Use uma pessoa intuitiva no processo de recrutamento Peça a uma pessoa intuitiva do seu ambiente pessoal ou profissional para ajudá-lo na avaliação dos candidatos. Você pode se surpreender com tudo o que ela pode lhe dizer.
      7. Conhecendo os limites dos testes psicológicos Use testes, mas saiba que a competência de quem vai analisar os resultados é ainda mais importante do que o tipo de teste utilizado.
      8. Como usar a grafologia? Tal como acontece com os testes psicológicos, um especialista neste campo deve ser chamado. Porém, não concordo com o autor neste ponto: muitos estudos têm mostrado a utilização e a ineficiência dos estudos grafológicos. O artigo da Wikipedia, com muitas referências, não é mais claro:

      Como convencer um candidato a aceitar sua oferta de trabalho?

      No entanto, em um momento em que uma pesquisa recente da Manpower conclui que mais de 29% dos empregadores franceses enfrentam dificuldades no recrutamento, a questão da transformação de uma entrevista bem-sucedida em recrutamento eficaz é levantada. Atualmente, estamos em uma situação em que é cada vez mais difícil atrair o perfil certo, principalmente em setores de tensão como o de TI. Os candidatos podem escolher entre várias empresas, cada uma delas redobrando os esforços para ter sucesso em atrair as melhores. Neste contexto competitivo, deve-se questionar, como desenvolver uma posição vaga para atrair as candidaturas mais relevantes? Como você convence o candidato a ingressar na sua empresa em vez de em outra? O recrutador deve estar em uma situação que não é natural para a maioria dos profissionais da área: “vender o emprego para preencher”, a fim de motivar potenciais candidatos. Neste artigo dedicado à arte de convencer um candidato hesitante, um panorama das características do cargo mais procuradas pelos candidatos!

      Quase 7 em cada 10 candidatos garantem que estariam menos inclinados a comprar os produtos de uma empresa com a qual tiveram pouca experiência de recrutamento.
      Mais de 8 em cada 10 candidatos confessam que vão falar sobre suas experiências ruins de recrutamento. Em outras palavras, o candidato nunca é “apenas um candidato”. é também um potencial comprador e, especialmente, um potencial tagarela! tratá-lo como um cliente não significa que ele seja necessariamente um cliente, mas dá uma ideia do nível de atenção que, como recrutador, você deve atraí-lo. No entanto, não é preciso exagerar e exagerar uma atitude melancólica para com os candidatos. nosso conselho, seja simplesmente:

    Quais são os benefícios do recrutamento online?

    O recrutamento online tem várias vantagens: Um ponto forte do recrutamento online é a sua rapidez: entrega instantânea das suas ofertas, recepção rápida das candidaturas, possibilidade de entrevistas de contratação à distância … Poupa tempo nos seus recrutamentos. Este é um verdadeiro trunfo, especialmente em situações de emergência. Metade dos recrutadores entrevistados pela Meteojob disse que recrutou novos funcionários este ano sem conhecê-los fisicamente. E para 4 em cada 10, o surgimento de soluções digitais acelerou seu processo de recrutamento. O digital também permite um grupo de candidatos maiores, além de sua área geográfica. Graças às redes sociais, também oferece a oportunidade de atingir os colaboradores que ocupam o cargo, que não estão em pesquisa ativa, mas que podem aproveitar uma nova oportunidade profissional. Essas características, portanto, tornam-no uma ferramenta particularmente interessante para identificar perfis pontiagudos em bacias de emprego remotas em grandes centros urbanos. O uso de testes de contratação para ajudá-lo a direcionar melhor os candidatos, propostos por alguns sites de recrutamento, permite que você economize um tempo valioso. Principalmente gratuito, o e-recrutamento não permite que você passe por uma agência de recrutamento cara. O digital também torna mais fácil salvar os dados de seus candidatos e torna mais fácil reutilizá-los em uma campanha de recrutamento subsequente. Mas tenha cuidado, se você criar um banco de dados de candidatos, planeje pedir seu consentimento. o e-recrutamento não permite que você passe por uma agência de recrutamento cara. O digital também torna mais fácil salvar os dados de seus candidatos e torna mais fácil reutilizá-los em uma campanha de recrutamento subsequente. Mas tenha cuidado, se você criar um banco de dados de candidatos, planeje pedir seu consentimento. o e-recrutamento não permite que você passe por uma agência de recrutamento cara. O digital também torna mais fácil salvar os dados de seus candidatos e torna mais fácil reutilizá-los em uma campanha de recrutamento subsequente. Mas tenha cuidado, se você criar um banco de dados de candidatos, planeje pedir seu consentimento.

    Você pode pensar que o jogo acabou após a entrevista, mas você ainda está na metade. Continuar a observar o candidato após a entrevista permite aprender muito sobre ele.

      1. Peça ao candidato para lembrá-lo Antes de o candidato sair do escritório, peça a ele que ligue para você na segunda-feira, mais cedo. Segundo o autor, cerca de 15% dos candidatos não se lembram!
      2. confiar um projeto ao candidato apresente um projeto que você esteja estudando e peça sua avaliação. Também enviei um e-mail com uma pergunta técnica surpresa aos candidatos, pedindo-lhes que encontrassem uma solução rápida e eficaz. apenas uma pessoa entendeu o pedido e me ofereceu uma solução satisfatória. Esse é o que contratei, porque foi um ponto positivo que veio se somar a todos os outros.
      3. Para cargos de gerência, viajar com o candidato Uma viagem permite que você aprenda muito sobre uma pessoa. Até mesmo um simples passeio de carro, especialmente se ele dirige.
      4. Conhecer o cônjuge Para cargos de gestão, conhecer o cônjuge permite uma ideia mais precisa da personalidade do candidato e se o cônjuge será um trunfo ou um freio para ele em seu trabalho.
      5. Exponha claramente os problemas em potencial Forneça uma entrevista final para abordar os problemas em potencial. Em vez de saber se surgirão problemas, trata-se principalmente de quais podem ser esses problemas.
      6. Use uma pessoa intuitiva no processo de recrutamento Peça a uma pessoa intuitiva do seu ambiente pessoal ou profissional para ajudá-lo na avaliação dos candidatos. Você pode se surpreender com tudo o que ela pode lhe dizer.
      7. Saber os limites dos testes psicológicos utiliza testes, mas saiba que a competência de quem vai analisar os resultados é ainda mais importante do que o tipo de teste utilizado.
      8. Como usar a grafologia? Tal como acontece com os testes psicológicos, um especialista neste campo deve ser chamado. No entanto, não concordo com o autor neste ponto: muitos estudos têm mostrado a ineficácia e inefetividade dos estudos grafológicos. O artigo da Wikipedia, com muitas referências, não é mais claro:

    As vagas também podem ser acessadas sem diploma

    O funcionário da rádio será responsável pelo transporte, armazenamento, embalagem e etiquetagem dos produtos da rádio. pode ser trazido para aconselhar os clientes do raio. Esta posição requer habilidades físicas: estar frequentemente em pé e carregar cargas, velocidade e memorização. pode funcionar em raios alimentares ou não alimentares. ele garante que os produtos atendam aos padrões sanitários e sejam adequados para venda. o vendedor de produtos frescos dá as boas-vindas, aconselha e atende os clientes de seu raio. Também faz o armazenamento, embalagem e rotulagem dos produtos. Segundo paquita arrenous, para ser vendedor de produtos frescos, “devemos amar o produto, não ter medo de manipular queijos ou peixes e amar o contacto com o cliente”. uma seleção baseada na motivação mais do que no diploma em grande distribuição, a motivação ocupa um lugar importante no recrutamento de pessoal, especialmente quando o empregador não pode contar com diplomas. “as distribuidoras fazem muita manutenção por simulação. o candidato é colocado em condições reais de trabalho, o que permite avaliar suas reações, seu comportamento. no nosso setor, o grau obtido é menos importante do que as qualidades e a vontade que demonstramos ”, explica renaud giroudet, diretor de assuntos sociais-emprego-formação da federação de empresas de comércio e distribuição.“ Na entrevista de recrutamento, nós é preciso estar atento à realidade do cargo para agradá-lo. Se você gosta de contato com os clientes, é melhor escolher o cargo de vendedor em vez de funcionário do raio, por exemplo ”, diz paquita arrenous. diretor de assuntos sociais-emprego-treinamento da federação de empresas de comércio e distribuição. “Na entrevista de recrutamento, devemos estar atentos à realidade do cargo para agradá-la. Se você gosta de contato com os clientes, é melhor escolher a posição de vendedor em vez de funcionário do raio, por exemplo ”, diz paquita arrenous. diretor de assuntos sociais-emprego-treinamento da federação de empresas de comércio e distribuição. “Na entrevista de recrutamento, devemos estar atentos à realidade do cargo para agradá-la. Se você gosta de contato com os clientes, é melhor escolher a posição de vendedor em vez de funcionário do raio, por exemplo ”, diz paquita arrenous.

    O perfil do cargo estabelece o retrato do “sonho” do candidato procurado: o objetivo é recrutar o candidato que mais se aproxima das expectativas da empresa. na verdade, no mercado de trabalho, apenas uma pessoa não agrega necessariamente todas as competências exigidas.

    Post profile é um documento compartilhado com o contratado: ele determina responsabilidades e missões de forma transparente entre o funcionário e o empregador. É atualizado de acordo com a evolução da atividade, utilizado para avaliar o colaborador e detalhar as necessidades de formação.

    diferença entre perfil de posição e perfil de posição
    Critério perfil de posição descrição do trabalho
    objetivo Determine o perfil do candidato ideal

    Responder à questão estratégica da empresa

    Estabelecer as responsabilidades de uma

    atualização do registro do funcionário com base na evolução do funcionário

    Estágio Recruitment process

    internal

    Treinamento de Avaliação

    Onde os dois se encontram

    O fato é que, seja qual for o seu cargo oficial como recrutador ou fonte, muitas vezes há sobreposição entre as duas funções. E é aí que a distinção entre os dois pode ficar um pouco confusa. No entanto, é mais frequente o recrutador desempenhar as funções como fonte do que o outro. Na verdade, muitas organizações acreditam que o sourcing é parte integrante do papel de um recrutador. É por isso que, neste contexto, muitas vezes relutam em envolver uma pessoa para cumprir uma função que consideram desnecessária. Esta situação é mais comum em pequenas empresas, onde o orçamento de recrutamento pode ser muito limitado. Mas, em grandes organizações, é essencial que ambas as funções sejam claramente definidas, tanto o fornecedor quanto o recrutador devem executar apenas suas próprias tarefas e funções. A lista de empregos do recrutador é interminável. Assim, como um verdadeiro profissional, ele privilegiará certas tarefas em relação a outras. Entrevistas, contatos com candidatos e tarefas administrativas simplesmente não podem ser esquecidos. Por outro lado, a busca por candidatos passivos para preencher um pipeline não é tão crítica ou urgente e, muitas vezes, é a tarefa que é relegada para o fim da lista. Tradicionalmente, os recrutadores procuravam talentos quando um de seus funcionários deixava a empresa ou quando uma nova posição era criada. Mas hoje, muitos profissionais de RH percebem que essa operação não é mais adequada.

Admin Lima

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *